Licenciamento

Posted on 2 \d\e março \d\e 2009. Filed under: irc, licenciamento, python | Tags:, , , , , |

Estava hoje cedo no irc e tive uma conversa interessante sobre licenciamento e ganhar dinheiro com programas python e opensource.
Coloco aqui a conversa na íntegra.

<durfos> Hai ! raça
<durfos> podem me dar um help para entender a licença do python
<durfos> ?
<durfos> o povo lah do escritorio quer usar python pra fazer um software pra vender .. tem algum problema ?
<durfos> e outra eles num querem enviar o codigo soh os bytecode pro cliente
<Khaoz> durfos: dando uma olhada por cima da licensa, parece que você pode fazer isso sim.
<nosklo> não que enviar só o bytecode tenha alguma utilidade
<nosklo> durfos, não tem binário, o python é compilado para bytecode, e este bytecode pode ser facilmente decompilado
<durfos> a certo eu não sabia q era tão fácil assim
<nosklo> durfos, em qualquer linguagem decompilação é muito fácil. Tentar esconder o código hoje em dia é besteira
<durfos> o pessoal com quem trabalho .. esta afim de fazer um aplicativo comercial
<nosklo> durfos, Aplicativos livres e de código aberto podem ser vendidos comercialmente
<durfos> e usar alguns módulos inclusive readline que é GPL ..
<durfos> certo entendi .. vc tem razão
<nosklo> durfos, GPL tem uma cláusula que permite a venda do programa
<nosklo> GPL nunca restringiu venda
<durfos> tem ?
<nosklo> claro!
<durfos> entendi
<durfos> é verdade .. tem q enviar o source junto né .. essa é a clausula e manter os nome dos autores
<nosklo> se for GPL, a única coisa que você não pode fazer é impedir quem comprar o seu programa de distribuí-lo
<nosklo> o source você tem que mandar de qq jeito, afinal é em python
<durfos> é verdade faz todo sentido .. não vale a pena mesmo pra gente .. os pode fazer é só enviar os pyc bytecode ..
<durfos> no caso de vender a app
<nosklo> qdo vc desenvolve um software, se vc não usar nenhuma lib que te obrigue a adotar alguma licença, você pode criar sua própria licença dizendo que o que vc quer que o cara possa fazer com o programa
<durfos> mesmo assim nada impede da decompialacão
<nosklo> mandar só os bytecode não vale a pena, não faça isso
<durfos> pq ?
<nosklo> os bytecodes são específicos da versão do python que você os criou, e só rodam nesta versão e plataforma
<nosklo> e você não ganha nada mandando só o bytecode
<nosklo> não te dá nenhuma vantagem de obscuridade
<durfos> tá .. mas eu ralei pra fazer meu software, um cara pega .. e vende ele sem nenhum esforço
<nosklo> para impedir isso você usa uma licença
<nosklo> mandar em bytecode não segura o cara, o que segura, legalmente, é a licença do software
<durfos> tá mas ae eu vou precisar escrever do zero tudo em C ?
<nosklo> não tem nada a ver
<durfos> eu posso colocar outra licença sobre o python ?
<nosklo> você pode escrever em qualquer linguagem
<nosklo> a licença do python não influencia em nada na licença do software em python que você escreve
<nosklo> para distribuir o python você segue a licença do python
<nosklo> mas para distribuir seu programa você pode criar a forma de licenciamento
<durfos> a tá no caso a licença do python é usada para distribuir o source do interpretador é isso ?
<durfos> e para distribuir meu código eu uso outra licença
<nosklo> exatamente. Você pode até distribuir seu código sem um interpretador, daí o cara pode pegar qualquer interpretador e rodar, Cpython, activepython, jython, Pypy, IronPython
<durfos> mas seu usar no caso um modulo q tem licença GPL digamos o SQLObject
<nosklo> aí para distribuir código que usa esta lib você tem que seguir os termos da licença da lib
<nosklo> ou seja seu código teria q ser GPL
<durfos> entendeu .. eu vou ter q dar parte do meu source .. em GLP não vou poder aplicar minha licença em cima
<nosklo> exatamente. Porém mesmo sendo GPL você pode vender. Só que o cara que comprou vai poder redistribuir a vontade
<nosklo> agora que você entendeu: vou te contar o canal para desenvolvimento opensource comercial
<nosklo> -> venda de serviço
<nosklo> você dá o software pro seu cliente, mas vende os serviços de instalação, customização, treinamento, manutenção
<nosklo> o software é GPL mas o serviço não
<durfos> é isso eu já manjei 😀
<durfos> trabalho com algo assim já
<nosklo> o cliente vai querer que você faça o serviço pq foi vc que fez o programa, ninguém melhor q vc para mexer nele
<durfos> minha duvida era com o bytecode seu eu posso colocar licença nele
<nosklo> esquece bytecode
<nosklo> bytecode é besteira, distribui o fonte de qq forma
<durfos> entendi
<nosklo> se não usar nenhuma lib com licença viral, você pode sim distribuir seu código em qq licença.  A licença do python não impede isso
<durfos> é, mas a sqlobject é viral
<durfos> ela é GPL
<nosklo> então pra usar sqlobject você tem que distribuir seu código em GPL também. Não tem alternativa
<nosklo> pq vc não usa sqlalchemy? é bem melhor!
<durfos> aé melhor ?
<nosklo> com certeza!
<durfos> vc trabalho com python a quanto tempo .. ?
<nosklo> profissionalmente tem uns 3 anos
<durfos> e vc distribui seu source só pro cliente q vc vende o software certo ?
<durfos> ou melhor vende o serviço
<nosklo> bom, eu sou contratado por uma empresa, o software que eu desenvolvo pertence a empresa, ela licencia como quiser
<nosklo> geralmente nao licencia
<nosklo> usa internamente e pronto
<nosklo> como o software nao vai ser distribuido, nao precisa de licença
<durfos> entendi
<durfos> eu fui pro sqlobject pq eu achei ele rápido e intuitivo
<durfos> bom . na verdade foi o único q eu experimentei
<nosklo> bom, sqlalchemy é mto melhor
<nosklo> sqlobject mistura a declaração da classe com a da tabela
<nosklo> o sqlalchemy separa isso
<nosklo> de forma que você pode vincular qualquer query à Classe
<nosklo> isso é mto útil
<nosklo> mapear classes a queries
<nosklo> mas tem outras diferenças
<durfos> hum .. e desempenho ?
<nosklo> coisas como polimorfismo, herança multipla, versionamento de registro, ordenação automática de relacionamento, que eu acho que não tem no sqlobject
<durfos> caraka versionamento de registro !? polimorfismo ?
<durfos> me convenceu !
<nosklo> se vc quiser for usar o sqlalchemy, criei o canal #sqlalchemy-br aqui na freenode a algum tempo e estou sempre lá
<durfos> blz !
<nosklo> e a licença do sqlalchemy é MIT
<durfos> vou passar lá com certeza
<nosklo> <durfos> e vc distribui seu source só pro cliente q vc vende o software certo ?
<nosklo> <durfos> ou melhor vende o serviço
<durfos> legal !
<nosklo> sim, é assim que eu faria
<nosklo> depende do source é claro
<nosklo> posso distribuir para todos tbm dependendo do que for, pode me ajudar a conseguir mais clientes se eu divulgar o código
<durfos> hum interessante
<nosklo> e se colocar o código em GPL posso conseguir ajuda de outros programadores gratuitamente
<nosklo> tendo assim um código de qualidade maior com menos custo e esforço
<nosklo> do que fazendo tudo sozinho
<durfos> é eu sou mais fã das licenças do tipo BSD
<durfos> é vc tem razão, e as licenças tem os dois gumes né 🙂
<nosklo> o problema é que o cara pega seu código, modifica, e licencia na licença dele e você não pega as modificações
<nosklo> eu sou a favor de ganhar dinheiro em troca de trabalho
<nosklo> não vendendo licença
<nosklo> por isso prefiro vender serviço
<durfos> é o estilo que a Red Hat adotou e supreendeu todo mundo em 2004
<nosklo> sou contra o cara que faz um programa uma vez e depois quer ganhar dinheiro com ele para sempre
<nosklo> geralmente faço o programa sob encomenda, então recebo uma vez e pronto, o programa vai pra GPL. Eu já recebi.
<nosklo> Se quiser continuar recebendo tenho que continuar trabalhando.
<nosklo> Então vendo serviço…
<durfos> depende do programa q vc vai fazer
<durfos> na verdade depende do jeito q cada um quer ganhar dinheiro é gosto
<nosklo> não acho legal eu ir recebendo por “cópias do programa”, sem trabalhar deitado na minha cama
<durfos> é gosto né
<nosklo> não, é ética
<durfos> mas digamos q vc faz um programa legal pacas pra um cliente seu
<durfos> e ele te paga beeeeeeeem
<durfos> ae vc vai lá e licencia .. GPL
<durfos> um cliente q ia te pagar mais ainda por ele .. pega o source . e usa e pronto, vc não sentirá mal ?
<durfos> tipo poderia ter ganhado bem mais ?
<nosklo> não
<nosklo> eu já recebi pelo serviço que eu fiz
<nosklo> recebi o tanto que o serviço vale
<nosklo> para receber mais, éticamente eu tenho que trabalhar mais
<nosklo> o outro cliente vai acabar me chamando pra configurar/customizar pra ele pq fui eu q fiz o programa
<nosklo> daí eu ganho mais, porém por ter trabalhado mais
<durfos> é interessante
<nosklo> o primeiro cara já me pagou, o programa vai pra GPL, todo mundo pode usar e ajudar a melhorar ainda mais o programa, que é legal pacas
<nosklo> o resultado final é melhor para todos
<nosklo> se eu fechar, meu programa não vai ser tão “legal pacas” assim
<durfos> 😀
<durfos> mas e se o cliente comprar teu source ?
<nosklo> a empresa que trabalho atualmente é assim, escrevo o source mas ele não é meu
<nosklo> recebo pelo meu serviço do mesmo jeito
<nosklo> uso um monte de coisas GPL então se a empresa quiser distribuir vai ter q licenciar em GPL
<durfos> mas vc não pode licenciar em GPL
<nosklo> poderia
<nosklo> não posso pq ele não é meu
<durfos> exatamente
<nosklo> mas poderia licenciar no que eu quisesse, pq não vou distribuir
<nosklo> a licença só serve qdo vc vai distribuir
<nosklo> se vc vai usar vc mesmo o programa, não importa a licença
<durfos> tá eu vou vender pra várias empresas meu prgrama .. e não vou enviar o source ? se eles pedirem eu tenho q dar
<durfos> isso é certo
<nosklo> você tem que mandar o source de qualquer jeito
<nosklo> pra eles poderem rodar o programa, precisam do source
<nosklo> python funciona assim
<nosklo> a questão é como você vai licenciar o source para entregar para eles
<nosklo> no meu caso atual o source é deles
<durfos> é ae eu posso licenciar pra eles sobre a minha licença ..
<nosklo> eu não posso sair e levar pra outra empresa, eu teria que começar de novo
<durfos> e no caso vou ter q tirar o sql object da jogada
<nosklo> ou então, licencia em GPL
<nosklo> você tem que entregar o source mesmo
<nosklo> qualquer q seja a licença
<durfos> maravilha entendi perfeitamente
<durfos> vlw pela ajuda nosklo!
<nosklo> durfos, “licenciamento” é uma lei restritiva artificial que serve para estimular a criatividade e o desenvolvimento
<nosklo> durfos, porém ela acaba cumprindo mal o seu papel, pq com licenças restritivas todo mundo fica reescrevendo a mesma coisa de forma inferior
<nosklo> durfos, quantos programas de controle de estoque vc já viu?
<nosklo> heheheh
<durfos> rsrs
<durfos> miilhoes hein ! rs
<nosklo> se todo mundo programasse pra 5 ou 6 programas de controle de estoque BONS, GPL
<nosklo> ia ser um estimulo muito maior ao desenvolvimento e criatividade
<nosklo> do que nego que acaba de aprender a programar, ficar querendo fazer um programa só de controle de estoque e vender ele pra todo mundo
<durfos> rsrs
<nosklo> então a lei de direito autoral está furada, ela não está servindo para o que deveria, quem deveria ganhar não está ganhando.
<nosklo> a GPL é uma tentativa de consertar isso
<nosklo> pq acontece que existem 100000 programas de cont. estoque ruins, você faz mais um, e acaba tendo que vender pra meia duzia de gatos pingados por 10 reais
<nosklo> ao inves ter uns poucos programas, porem bons e completos, e você vender customizações e serviços em cima deles
<durfos> é infelizmente isso numca vai mudar né
<nosklo> quem ganha com essa lei e licenciamento são só gigantes como Corel, Microsoft…
<nosklo> nós meros mortais ganhamos mixaria
<nosklo> ganhamos mais é trabalhando mesmo

<NandoFlorestan> nosklo, concordo tanto com as coisas que você falou agora que é como se eu fosse 50
<NandoFlorestan> …50% mais inteligente e as tivesse dito eu mesmo.

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

2 Respostas to “Licenciamento”

RSS Feed for foobar + h2o Comments RSS Feed

eu ja concordava com tudo isso, + faltava alguns argumentos pra convencer os outros.. vlw as dicas!

posso dizer o mesmo do Rodrigo


Where's The Comment Form?

  • Blog Stats

    • 4,140 hits
  • contribua!

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...